MACEDO, Padre João Crisóstomo Espínola de

by

 

Escassos dados possuímos para a biografia deste madeirense. Era bacharel formado em teologia e foi capelão interino da Igreja de Santiago Menor e depois vigário na Vila de Santa Cruz. Em 1811 foi preso por ordem do Cabido da Sé, em consequência de uma queixa apresentada pelo Juiz Ordinário da vila de Santa Cruz.

Redigiu o segundo jornal que se publicou no Funchal em 1823, o Pregador Imparcial da Verdade, da Justiça e da Lei. Foi um distinto discípulo de José Agostinho de Macedo, embora de ideias políticas diferentes, nomeadamente na violência da linguagem e no descomposto das frases. Para além da política exerceu o cargo de advogado nos tribunais da Ilha da Madeira, e arrecadou a fama de orador e polemista notável e, como jornalista, foi um dos melhores do seu tempo.

Em 1823, foi o dr. Macedo condenado e deportado por crimes políticos para fora do Reino. Veio a falecer em 1828, com idade avançada.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: