MEDINA e VASCONCELOS, Francisco de Paula

by

 Baia Funchal

(1768-1824). Nasceu na freguesia da Sé a 20 Novembro de 1768, filho de Teodoro Félix de Medina Vasconcelos e de D. Ana Joaquina Rosa de Vasconcelos. Matriculou-se na Universidade de Coimbra, mas em consequência das suas actividades políticas e do seu revolucionarismo foi preso em 1790 e depois expulso da Universidade tendo de sair, para sempre, de Coimbra.

Em 1792 regressou ao Funchal e passou a desempenhar o cargo de Tabelião.  Como voltasse às actividades revolucionárias, foi de novo preso e condenado a oito anos de degredo em Cabo Verde. Em 1823 seguia, a cumprir a pena a que foi condenado, na Ilha de Santiago, tendo morrido no desterro no ano de 1824.

Medina e Vasconcelos no seu tempo gozava de grande prestígio como poeta,  publicou várias obras: Poesias Lyricas de Medina … 1797; Sextinas elegiacas (…), 1805; Zargueida, Descobrimento da Madeira, 1806; Georgeida, 1819, entre outras. Das composições de Medina e Vasconcelos , foi a Zargueida a que lhe deu maior renome e ainda hoje é, de todas, a mais conhecida. Ver mais

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: